12 de jun de 2017

Girls of the Wild's


E aí, pessoinhas?
Eu lhes trago um post altamente programado, que vai falar de um manhwa/mangá coreano (sei lá como você diz isso), que foi o primeiro mangá/manhwa que eu li na minha vida, e ainda leio, na verdade. Como o post é programado, pouparei comentários sobre minha vida pessoal, porque sei lá, alguma coisa pode acontecer e o que eu disser aqui pode não bater mais na minha vida, e vocês ficam preocupados por culpa minha.
Bem, o manhwa que irei falar se chama Girls of the Wild's, sendo que Wilds é um colégio feminino que preza muito o esporte, todo mundo de lá tem que treinar em alguma área como boxe, luta de espadas, e outras coisas que eu acho chato pois não gosto de esportes.
E então a escola resolve virar mista, mas adivinha? Só um garoto é aceitado por lá, e aí ele fica sofrendo na escola.
Que resumo sensacional.
Créditos ao Garotas Geeks porque sou muito preguiçosa então peguei algumas informações de lá.

capa_girls of the wilds

A história do mangá coreano (manhwa) é basicamente nos mostrar o quanto Song Jae Gu, o único menino da escola, sofre lá dentro, porque ele é tímido, péssimo em esportes e o gênero do manhwa é harém, ou seja, várias meninas da história gostam dele, e o força a participar do grupo de boxe e outros.
Bem, Song Jae Gu tem um irmãozinho e uma irmãzinha, que vivem com ele desde que foram abandonados por sua mãe depois que o seu pai morreu.
Ele consegue uma vaga na escola Wilds, que é perto de casa e todo aquele blá-blá-blá, e Song Jae Gu não sabia que a escola era só pra mulher e que era o único homem de lá. Se ele quis sair de lá quando descobriu isso eu não sei, pois não lembro mais.
E tem uma parte da história em que o protagonista vê a loirinha, a Rainha, a primeira da foto acima, pelada, no banheiro, mas as coisas só ficam entre os dois. Ela fica com raiva e tudo acaba em confusão, e isso nem é spoiler, pois tem tudo isso na sinopse do mangá, tá? Tá.
Mesmo o gênero de Girls of the Wild's sendo harém, mesmo o personagem principal tendo visto a moça pelada, o manhwa não tem tanta putaria assim, vai por mim. O mangá coreano é colorido, e sobre as meninas que correm atrás dele: é engraçado, pelo menos pra mim. Ver todo o problema que uma das meninas causam sobre ele é engraçadinho, gente.
Minha personagem favorita do manhwa é a última ali da imagem de cima, Lee Go Seul, e ela é amiguinha de Song Jae Gu, sabe que ele não gosta de esportes e é útil pra ele, além de ser toda bonitona.

Eu leio o mangá no Mangás Project, traduzido pelo Gekkou Scans, link do mangá coreano aqui: ♥♥♥
Estou no capítulo 15 e não sei dizer se o mangá coreano já está finalizado, pois alguns blogs dizem que não e o Mangás Project diz que o mangá está finalizado, então.... Mas a última atualização dele foi no mês 10 de 2016, então... Sei lá. 
Eu queria colocar uma fotinha do Song Jae Gu mas só achei mesmo essa aqui, famosinha do abs dele:
Resultado de imagem para girls of the wilds song jae gu

#postei e saí correndo

2 comentários, comente também ^^

  1. Olá, td bom?
    Acredita q nunca li um manga na minha vidinha ?? Tenho vontade mas n sei qual ler ou por onde começas, já q eu n entendo nadinha de nada sobre esse mundo '-'
    Mas achei esse "interessante" por causa da imagem ( ͡° ͜ʖ ͡°)
    Vou deixar salvo, e assim q eu colocar minhas coisas em dia eu tiro um tempinho (e força de vontade) pra ler *U*
    bjs
    Blog: Skull Minds | Instagram | Sorteio de divulgação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que leia sim, é um mangá bem legal sz

      Excluir



Hey! Pode comentar a vontade, falando sobre a postagem, mandando críticas, sugestões... Pode escrever palavrões também!! Mas não aceitarei comentários de auto-divulgação, tipo: "Ah! Adorei a postagem! Visita? url do blog" Ok?
Mas qualquer outra coisa, pode comentar aí, respondo tudo!